STI começa a vender seu tablet fabricado no Brasil

Por | 9 de May de 2011 | 7 comentarios | Outros assuntos | Tags: , , ,

Por Ricardo Marques

A Semp Toshiba acredita que o netbook está com os dias contados. Segundo o vice-presidente da empresa, Caio Ortiz, são os tablets que irão fazer o papel de primeiro computador, assumindo o mercado que, até então, vem sendo dominado por esses pequenos computadores. “No Brasil, houve um equívoco no papel do netbook. Enquanto em todo o mundo ele surgiu como terceiro ou quarto computador da família, aqui ele assumiu o papel de primeiro computador”, disse.

Segundo ele, devido a esse “equívoco”, os brasileiros acabaram se decepcionando com netbooks, o que abrirá espaço para os tablets “muito mais interessantes, interativos, amigáveis e portáteis”. De olho nesse novo mercado (veja mais detalhes aqui), é que a empresa está lançando seu primeiro tablet, fabricado em Salvador, e que chega em duas versões: com Wi-Fi (R$ 1.399) e com Wi-fi e 3G (R$ 1.699).

O produto tem tela de 10.1 polegadas, processador Nvidia Tegra 2, resolução de (1024×600), memória de 512MB e armazenamento de até 32GB (slot micro SD). Ele vem  com o sistema operacional Android, na versão 2.2, e não será possível atualização para versões mais recentes, já que, segundo Henrique da Costa, diretor de tecnologia da empresa, as configurações do tablet não permitiriam a mudança do sistema para o Honeycomb (3.0, próprio para tablets).

A empresa criou ainda uma loja de aplicativos onde irá disponibilizar alguns programas (muitos deles da própria loja do Google), já que não é possível ter um acesso total ao Android Market. “Essa limitação, infelizmente, vem do Google, que restringe o uso da Android Market para aparelhos capazes de realizar ligações de voz, ausente em nosso tablet”, explicou o diretor de tecnologia.

Por fim, a empresa comemora uma aliança com a rede de ensino Estácio, que encomendou 6 mil tablets personalizados que estarão à disposição dos estudantes de direito (RJ) e gastronomia (SP) da universidade.

 

 

 

7 Comentários

  1. Tom (3 anos atrás)

    Um Tablet fabricado no Basil, Sem Honeycomb, sem Market po R$ 1.400,00 e R$ 1.700,00.

    SÓ PODE SER PIADA…

  2. JB (3 anos atrás)

    mas que coisa mais cara!!!!!! só podia ser aqui nesse meu Brasil…

  3. Felipe Gil (3 anos atrás)

    É a mesma faixa de preço do iPod (1a versão)…tablets e computadores em geral tem o mesmo custo de produção e praticamente a mesma carga tributária…se é da Apple, mesmo com muito menos recursos, ninguém reclama, mas se é de qualquer outra marca, e com mais atributos, é caro…difícil agradar consumidor leigo hoje em dia!

    Além de ter menos atributos, a Apple restringe o direito do usuário de várias formas – o Android dá muito mais possibilidades. O que tem de gente fazendo "jailbreak" (gambiarras pra fazer funcionar coisas que o software da Apple restringe) por aí…

    E uma outra coisas, você vai realmente usar o que você reclama que o tablet não tem? Ele é um computador, não um celular. E eu acho ridículo, a pessoa com um aparelho de 10 polegadas no ouvido, sinceramente.

  4. Diego (3 anos atrás)

    num é um desse que a estacio de sá ta emprestando para os aluno? e se concluir o curso eles dão o tablet.

  5. eder (3 anos atrás)

    Um Tablet fabricado no Basil, Sem Honeycomb, sem Market po R$ 1.400,00 e R$ 1.700,00.

    piada em doblo mas tudo bem aqui eh brasil

  6. Cesar (3 anos atrás)

    Sinceramente a ideia é boa, mas o valor não esta dentro da realidade, se houve baixa nos impostos pq tão caro….

    Os recursos são bons, mas o fato de não ter o Honeycomb que é para tablet, não tem pq ser mais caro, quase o preço do Motorola Xoom, STI tem equipamentos muitos bons, mas com valores assim, é preferivel um equipamento mais caro como o Ipad do que os outros, pq um é status e outra o iOS funciona muito melhor pq é desenvolvido para o Hardware da Apple, o Android ainda tem suas deficiências…

    Favor qdo postarem alguem procurem ler antes informações dos produtos e OS para saberem do que estão falando ou reclamando…

  7. Nasser (1 ano atrás)

    Não tem market, e não é fabricado no Brasil, é só montado com peças made in china…..

Comentários

Get Adobe Flash player